PARE DE BRIGAR COM SUA IMAGEM

Se tem algo de valioso nesta vida é a liberdade que gera a autonomia para tomar decisões e realizar escolhas de toda ordem neste mundo e isto serve para objetos, companhias, compromissos, projetos e não menos importante a imagem que falará de nós!
Aí vem a liberdade de vestir o que te representa. Ah..esta liberdade aí é irmã do estilo,  da essência, mãe da autenticidade.
Peraí, então, vestir o que se gosta independente da moda ou do que li nas revistas e acompanhei com aquela blogueira Top, pode? Não, não pode. DEVE. Gente, com bom senso, adequação e um pouquinho de equilíbrio pode tudo. Vai fundo, experimente,

Já percebeu como brigamos conosco o tempo todo?

Será que vão gostar deste look, vou agradar?  Se ela usa, também vou, afinal ela é a estrela do momento! (OPS, ela não é você e pode ter certeza que você também brilha com seu jeito!)  Não uso cor de rosa bebê mas sou tão romântica… Aiii como ela é linda, ela é feliz, veja como se veste!! Eu  detesto meu cabelo, minhas pernas…acho que nunca vou agradar às pessoas e nem ser feliz comigo…não me encaixo em nada do que vejo na mídia…Qual é o meu estilo na realidade, afinal? Estilo é quando a pessoa sabe combinar as peças? É quando se tem bom gosto? Vixe!!! Não tenho estilo!
A partir de nomenclaturas que surgiram como referências, muitos de nós se ingessa, se confunde e se tortura porque afinal, ouve dizer que românticas são muito doces e gostam de rendas, as modernas são irreverentes e abusam dos assimétricos, as criativas são “artistas demais”, as clássicas gostam de cortes atemporais e linhas mais retas… No final das contas, você se vê num buraco negro sem saber nem mesmo quem é você, qual é sua identidade e vem junto disto uma tristeza e insatisfação que não é legal…
Estou aqui hoje com este textão para te dizer, calma! Estilo é construção, é processo e é i-n-d-d-i-v-í-d-u-a-l. Estilo é autoconhecimento.  é mutável e pode perfeitamente se complementar, agregar um ao outro. Sabia que ESTILO é a maneira como você se expressa para o mundo?

Pensemos juntos…

Acha mesmo que nenhum dos estilos podem se esbarrar na esquina do desejo pessoal, profissional e afetivo, na vontade de ser mais e diferente, na curiosidade de se experimentar? Afinal, o tempo passa e não seremos sempre os mesmos e nem uma coisa só! A menina romântica de ontem pode se tornar elegante e muito sofisticada de amanhã…sem deixar de amar e usar as rendas porque nelas contém a  paixão que a representa.
A moda nos serve apenas de inspiração, os estilos falam de nós e de nossas possíveis mutações ao longo da jornada chamada vida. Conheça sim a você mesma, seu gosto pessoal, seus dons e habilidades, pontos fortes e fracos, aquilo que deixa uma lembrança de você em todos! Permita-se experimentar sem medos e amarras, se reconhecer em suas roupas. Isto é ESTILO!
“Uma das coisas mais importantes que você precisa entender na descoberta do seu estilo pessoal é que quanto mais você quiser parecer ser, menos será”  Cris Guerra