Quando a alegria de se receber a tão esperada colheita chega…

Quando a euforia do que está por vir,  invade a alma…

Quando falta um e chegam dois…

Quando o seu melhor é o que resplandece…e o medo cede lugar ao prazer…

 

Neste dia, depois de uma longa plantação com os percalços normais de toda luta, o momento de realizar chega! Iluminado, apetitoso, estiloso, leve, vermelho com corações que literalmente flutuavam, prazeroso que só!

Empoderou minha alma, aumentou minha feminilidade e descortinou toda força ali guardada como se fosse pouca, mas não era!

 

Hoje, quero falar de ter idéias e tirá-las da cabeça. De ter medos e transformá-los em desafios. De ter potencial e transmutá-los em atitudes!

 

No meu caso foi a vez do Workshop I Love Myself virar acontecimento.

Um bate papo instrutivo onde falo sobre Imagem adequada ao Ambiente de Trabalho, Roupas de Trabalho, Imagem Pessoal, Marketing Pessoal e antes de tudo: Autoconhecimento, Auto-amor e Coragem para transformar aquilo que precisamos ou estamos insatisfeitos em nós mesmos.

 

Vamos frisar coisinhas simples, talvez óbvias mas, importantes de se dizer e relembrar:

 

1- Conheça-te a ti mesmo. Relembre talentos ou dons e dê vida à eles. Posso dar uma dica neste quesito? Lembre do que gostava de brincar em sua infância e pré adolescência, é batata!

 

2- Anote num caderno de Talentos, todas as idéias que vierem ou desejos antigos que você já guardou na sua gaveta mental ou na historinha chamada “esquecimento” ;

 

3- Pense em estratégias para se alcançar ou realizar este projeto, por menor ou maior que seja;

 

4- Prepare-se para este momento de todas as formas;

 

5- Realize. No pouco ou no muito. Com requinte ou com simplicidade. E se der medo, vá mesmo assim. O sabor da vitória e superação serão eternos.

 

6- Essencial é dar de si o melhor! Aprenda com os erros. Seja autêntico, sempre. Isto é sucesso!

 

Todo este movimento realizado é característica do homem e da mulher que almejam serem felizes;

 

Já passou por experiência semelhante?

Conte-me, quero saber!